Entrevista Revista Pool Life 18/11/2009

Artigo Revista Viver Nutrilite
17 de agosto de 2015
Matéria do site Virgula da UOL – 26/05/2009
17 de agosto de 2015

Com a proibição pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) do uso das câmaras de bronzeamento artificial, ficou a pergunta: o que os usuários desses equipamentos devem fazer para cuidar da saúde e manter o bronzeado? Especialistas consultados por Pool-Life foram unânimes em responder que a atenção a qualquer sinal estranho na pele deve ser redobrada.

A consulta a um especialista é um dos cuidados a serem tomados. “O importante é que a pessoa passe em consulta com um dermatologista e realize um exame completo para verificar se já existem alterações pré-malignas ou malignas (câncer de pele)”, orienta a dermatologista Luciana Godoi.

Check-up anual – Mesmo que não haja alteração, é preciso estabelecer uma rotina de check-up anual. Isso porque a radiação ultravioleta é como a solar, não tem como ser retirada da pele e o efeito cumulativo é desastroso. “Um estudo ligado à Organização Mundial da Saúde mostra que pessoas expostas à radiação ultravioleta das câmaras têm 75% mais chances de desenvolver um melanoma, um tipo agressivo de câncer de pele”, cita Luciana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *